Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

sábado, 15 de janeiro de 2011

EMBAIXADOR CHINÊS



Recebi duas missões chinesas em Porto Velho nos últimos dias.  A primeira foi de empresários.  A segunda, ontem, do Embaixador Qiuiu Xiaoqi e Embaixatriz Liu Min

Tudo bem, com o crescimento econômico chinês parece que o mundo ficou pequeno. Algo de sintomático paira no ar. E com isto o nosso Estado merece de qualquer forma, ainda não definida a atenção do governo chinês. Com certeza, estão sondando negócios e mercados para seus produtos ou busca de matéria prima para movimentar suas maquinarias. Pra isto, o seu governo investe pesado na preparação do seu povo para a conquista gradual do mundo. 

Porque o mundo é do mercador. Do homem atrevido e de pensamento distante. 

Se a China quer crescer ainda mais. Nós também queremos. Na devida proporção Rondônia é bem cencebida em termos de geografia e logística. Além de ter insumos necessários para indústrias. E nas relações comerciais o que deve existir sempre é o caminho de mão dupla em que todos ganhem. 

Quero introduzir no Estado uma maneira nova de receber autoridades, com a maior cordialidade, se for o caso formalidade. Para que o visitante leve boa impressão do Governo e do Estado. Bons negócios, em geral acontecem nos almoços e jantares. Além do mais chamar para dentro do governo as federações para discutir os rumos do Estado e sua correspondente promoção.

Corri mundo quando fui Deputado Federal na Comissão do Mercosul. Desde a sua formação. Aprendi como é agradável ser bem recebido em país estrangeiro e muito mais quando somos elogiados. Falar bem do Brasil é profundamente emocionante. Falar bem do outro país muito mais ainda. Vamos juntar as duas ações – diplomacia rondoniense com as vendas. O Estado cresce e prospera pela riqueza de suas empresas. Sinto-me vaidoso com o sucesso delas. Fico ainda mais satisfeito quando uma pequena empresa sobe um degrau. 

O mundo respira interesses. Não seremos ingênuos porque foi assim que o Brasil foi descoberto, o destino seria as índias e Cabral desviou da  rota e as caravelas aportaram-se no Brasil.

Eu serei um defensor das empresas rondonienses. 

3 comentários:

Anônimo disse...

Governador e Dr. Confuncio, tenho certeza que o Estado de Rondônia tem muito a oferecer e receber em parceria com a China. Temos matéria prima e eles tem tecnologia. Na área da saúde eles tem os equipamentos mais moderno, quem sabe o Sr. exporta tecnologia para saúde(muito mais barato), educação e segurança, afinal não é a toa que a China cresce com determinação na educação, tecnologia...

everaldovencedor17 disse...

Já vejo no horizonte a volta do brilho do novo eldorado.Da nova Rondônia.E de maneira consciente,planejada e participativa.O primeiro passo já foi dado,o caminho ainda é muito longo,mas temos hoje o gps Confúcio Moura.Estou junto,vamos juntos por uma nova Rondônia. Parabens Dr.

Celso de Almeida Jr. disse...

Reproduzo uma passagem do livro "O Dinheiro do Brasil" do saudoso médico e político Wladimir de Toledo Piza:
"Precisamos de uma vez por todas entender que não há filantropia internacional. Nem os Estados Unidos, nem a Alemanha, nem o Japão nos darão nada de graça. Virão aqui para cuidar de seus próprios interesses. Se encontrarem gente digna e merecedora de respeito, nos tratarão com consideração e estudarão negócios interessantes para ambos. Se encontrarem pela frente comedores de toco, darão com desprezo a sua gorjeta e nos virarão as costas, depois de servidos."
A simplicidade e a grandeza das palavras de Wladimir Piza traduzem um sentimento que Rondônia acredita ser a sua prática, Governador Confúcio:
"Só seremos respeitados se nos fizermos respeitar."