Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

É BEM MELHOR SER MINEIRO

Antonio Carlos de Andrada foi governador de Minas, lá pelos primórdios do século XX. Vinham os Prefeitos e Vereadores, Deputados em audiências. Longas listas de pedidos. Ele ouvia muita e sempre respondia "perfeitamente". O fulano falava e ele dia "perfeitamente".

O cidadão saia satisfeito, na esperança de que tudo estaria resolvido. E o tempo passava. Nada. Ele voltava, reclamava do governador que ele havia prometido e nada aconteceu - governador respondia: não disse nem sim e nem não, só perfeitamente.

Outro caso engraçado era o jeitão do Miguel Arraes, ex-governador de Pernambuco. Fumava cachimbo e falava num sotaque pernambucano como se tivesse soprando uma cabaça, ninguém entendia o que falava. O Secretário manjava quando ele não queria atender, porque não havia vivente no mundo que conseguisse decifrar a sua linguagem. Nesta hora, a secretária batia no ombro do dito cujo e dizia - o tempo acabou. O sujeito ia embora do mesmo jeito que entrou no gabinete.

Eu ainda estou observando, se serei mineiro ou pernambucano.

8 comentários:

RK disse...

Nem tanto a terra, nem tanto ao mar. Seja sincero como sempre o foi, sem humilhar e nem enganar. Seja justo, correto e, de vez quando, uma exceçãozinha para ajudar a quem precisa não faz mal a ninguém.

Anônimo disse...

É governador só sendo mineiro e pernanbucano as vezes, para dar conta desses malas pidunchos que existe nesse estado, há mas olha cuidado para não exagerar rsrsrs....

Anônimo disse...

O senhor devera, ser o Mineiro não dizer nem sim e nem não logo primeiro, estuda o caso e de a resposta ou seja o senhor mesmo Homem em quem confiamos para ser o nosso governador mas sem o Batista de ji paraná.

Anônimo disse...

Muito boa sua colocação sobre M. Arraes, tive a oportunidade de conhece-lo por alguns instantes e o que o foi descrito corresponde exatamente a realidade, nao consegui entender nada doque ele falou so espero q nao faça comigo o que ele ja fez quando eu tiver a oportunidade de conhece-lo pois certamente sera assunto de interesse da população. Saudações.

DANIJANY disse...

Vai por mim, é melhor ter atitude de mineiro, precavido... Agora, quanto a ser, seja você mesmo. É o melhor caminho. Até agora estou apostando em suas escolhas, espero não me decepcionar.

José Carlos Sá disse...

Em Contagem, MG, o então prefeito Newton Cardosos - depois governador e deputado federal - usava canetas com tinta vermelha e azul. A Azul significava "sim", a vermelha, "não".

luiza disse...

como boa mineira que sou,acho que osenhor deve se espelhar no mineiro,porque devemos ouvir mais do que falar,e tenho visto que o senhor com suas rimas e prossas tem observado como um bom mineiro,e agido como um bom "homem prudente"é o que o estado precisa,de pessoas competentes,capazes,que execultem bem o seu papel,qto ao "disse me disse"de falatórios, deixem que falem,"enquanto os cães ladram a caravana passa"

Anônimo disse...

Seja Confúcio mesmo, mas por ora, esfinge.