Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

RIO CRESPO COM AMOR


I - É gente amor com este vem de longe. Não se conquista de uma hora para outra. Este xodó todo foi ontem, em Rio Crespo, durante o comício que realizamos.


II - A mão amiga que me acaricia é de velha pioneira da cidade. Matriarca de uma geração imensa. Baluarte da história do Estado, que veio ainda moça, morou na roça, roçou capoeira, criou filho, cozinhou panelões de comida pra peãozada. Está aí esta aquariquara dos nossos dias.


II - Este é abraço de homem pra homem. No Irã eles, os machos, beijam na face. Na Rússia beijam na boca, macho no macho, beijo na boca, aqui ainda não evoluímos tanto, mas, está aí um superabraço arrochado, entrecarnado, unificado. Quem é que vai me tomar este voto? Ninguém. Nunca!


IV - VEDOVATO garotão bonito, chegou em Rio Crespo supergalã, ainda hoje é, veio do sítio para me assisitir, militante do PMDB à moda antiga, nem vem que não tem. Quer ofendê-lo fale em outro partido, ainda cita Ulisses e Tancredo.


V - Não me chame de velho. Este jovem  aí nasceu nas minhas mãos há 34 anos. Já é pai, atrás dele está o Pedrinho Benzen, pai dele, meu amigo, também moram em sítios, quando souberam do comício vieram em família. Abraçaram-me com imenso carinho.



VI - Rio Crespo pode ter a sua própria economia, a local, só sua, diferente. Basta que se busque aqui a organização da comunidade, em outros modelos, indagando o que se pode fazer no setor produtivo, quem sabe com boa escola, aproveitamento dos recursos minerais, florestais, piscicultura, frutas tropicais, calçados, vestuário, e assim o mundo daqui pode ser próprio, particular, inusitado, rico, diferente.

Foi com este supertime que fizemos o comício. Sandi Calixto, Eudes, expoentes políticos locais, todos comigo, juntos para chegar a uma espetacular vitória este ano e a nossa grande região, ter pela primeira vez o governador de Rondônia. Um pau-de-arara que chegou por estas bandas, com uma malinha de médico na mão e junto com esta gente, foi cuidando deles, da saúde, das endemias bravas, dos acidentes, até que tudo se transformasse no que temos hoje, que é grande e vasto e rico.

Nenhum comentário: