Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

JUVENTUDE DO ESPORTE


Educação física – ou técnico em educação física tem um campo de trabalho enorme. Cursos curtos e pós-médios. Aqui eu posso delirar, porque o esporte além do mais é um delírio total. O atleta é antes de tudo um cidadão, cumpre regras, tem normas, geralmente sem vícios, dorme cedo, é um verdadeiro cidadão. Quem é que não se solta ao seu primitivo absoluto na hora de um jogo de futebol?

Vamos ver o que pode fazer um profissional de educação física ou tecnólogo do setor?


Iniciação esportiva. Quanta falta faz ao Brasil a iniciação esportiva nas escolas. A busca ativa de talentos no esporte e que sejam destacados, separados, apoiados, incentivados pelo Estado, para que possam desenvolver o seu oficio.



Em Rondônia tem o JOER, a meninada vai a campo sem treinamento anterior. Tudo na base do improviso. Um e outro se destacam por esforço pessoal. A iniciação esportiva é necessária para inclusão dos jovens. E que tenham as mesmas oportunidades.

Nada mais promove um Estado do que um atleta talentoso. Além da promoção pessoal, ele promove o povo brasileiro. O atleta é um patriota. Quando ganha uma medalha olímpica veste-se com a Bandeira do Brasil. E chora pelo povo brasileiro.


E o campo de trabalho é seguro, pode mergulhar na iniciativa privada, no atendimento domiciliar, enfim, aqui está uma mina de ouro para os jovens rondonienses. o esporte inclui o homem plenamente, sem preconceito de idade, cor, sexo, deficiência fisica ou normalidade. Ele chama todo mundo pra dentro do Brasil cidadão.


Nenhum comentário: