Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

AMENIDADES

Parar de falar em coisas sérias e cobranças permanentes. Dá enjôo sempre este falatório de efetividade e resultados. Esta dura vida de planilhas e mapas.  Vou deixar aqui algumas amenindas para vocês hoje, nesta segunda-feira, para relaxar um pouquinho:

  1. Restos Vitais (Nicolas Beher)
Sexta-feira chegou e ela não veio
Peguei o primeiro ônibus pra Brasília
E encontrei morena
na rodoviária comendo pastel
Tomando caldo de cana
E passeando  nas escadas rolantes.

Dentro da América do Sul
Entre dois mares
no mundo
mapa na mão, olho no mapa, mão no olho
Vamos tentar encontrar a cidade.

2. BONDADE (SYLVIA PLATH)

A bondade desliza pela casa
Dona Bondade , ela é uma graça
As gemas vermelhas e azuis de seus anéis embaçam
As vidraças, espelhos
Se enchem de sorrisos.

O que é mais real do que um grito de criança?
O de um coelho talvez seja mais selvagem,
Mas não tem alma.
Acúcar cura tudo, diz a Bondade
Açúcar é um fluido necessário....

3. NOITE DE VENTO (Charles Bukowski)

... Com a ventania
os galhos batem no vidro da janela
Enquanto apago a luz da cozinha
e vou para a sala
ligo a TV
Bem na hora em que um guarda atira num
homem no alto de uma escada de incêndio
e ele cai e cai
e se esborracha na rua

esse nunca mais vai ter que comer
camarão com ervilha chinesa na vida.

Nenhum comentário: