Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

SEGURANÇA PÚBLICA - A AÇÃO EFICIENTE

Ao perceber, pela dura realidade das pesquisas qualitativas que realizei na campanha, que a segurança pública é o segundo clamor, o segundo recado que me foi dado pelo povo, para que o futuro governador cuidasse melhor dela.  Porque o povo está com medo.  Tem cidades rondonienses que a violência é o primeiro pedido popular.

E o que é um governo? senão aquele que o povo devota responsabilidades para cuidar de suas carências?

E com esta preocupação minha, que não é nova, mesmo quando fui Deputado Federal já promovia em Rondônia a preocupação com a segurança do povo. E ao tempo em que assistia na Câmara dos Deputados as audiências públicas com vários institutos especializados, universidades, profissionais da saúde, enfim e cada um dizendo dos seus grandes números. Eu sei disto, principalmente na saúde pública, o estrago que a violência provoca em suas contas.

Basta olhar as consequências dos traumas no trânsito, os espancamentos, os tiros, as facadas, tirando fora as humilhações, ofensas, principalmente às mulheres que aão mártires perenes de conflitos psicosociais graves.

Hoje, acho que o papel do muncípio é indispensável no combate a violência. Desde que o Governo Federal solte a grana para ajudar nas iniciativas locais, com suas guardas comunitárias e agentes de trânsitos, câmeras de segurança, ações preventivas nas escolas, a cultura da paz na comunidade.  Dá para fazer muita coisa. Sou contra a coisa espetacular, o clima de guerra, o exibicionismo fantástico que determinados setores em suas operções grandiosas e fortuitas fazem, com pouco ou quase nenhum resultado.

Creio nas ações de base, permanentes, baratas, inclusivas, pensadas. Creio na estratégia em cima de números, colocar a tropa onde precisa colocar. Creio que a presença da polícia inibe e muito o crime. Creio que segurança pública é ciência social importante e que tem que acumular conhecimento. Não dá para sair por aí fazendo besteiras. Estas blitz alopradas. Que saem mais como drama de consciência de algum secretário ou comandante, com objetivo de mostrar serviço. O que nem sempre repercute em resultado positivo.

Eu gosto do número frio. Do mês a mês acompanhado e medido. De se avaliar desempenho e que segurança deve ser política de governo e não espasmo isolado de uma só secretaria. Que se deve pensar macro e micro e que fazer é bem melhor do que ficar construindo relatório improdutivo. Basta ver São Paulo que em pouco tempo derrubou o número de homicidio significativamente.

Compuz uma nova equipe na segurança pública, quase todos jovens, com muita energia e que tem condições de diagnosticar as nossas doenças sociais fundadas na exclusão absoluta e que tenham coragem de botar o dedo na ferida.  Eu recomendo que leiam o livro Espírito Santo.

4 comentários:

SouUmChato disse...

Governador, coloque um posto de polícia em cada escola. Vai ajudar o recurso que temos de mais importante: os estudantes.

Naiara Valéria disse...

Realmente a segurança em RO, principalmente em PVH está um caos. Que bom que o Senhor futuro governador está preocupado de fato com o bem estar da população. Quanto à sugestão da leitura é boa, principalmente para quem vai administrar a segurança do Estado.

Anônimo disse...

Governador gostaria de saber o que vai ser feito para valorizar os policiais militares, tendo em vista que os policiais civis receberam uma diferença salarial de R$ 1.100,00.

Respeitosamente aguardo comentário.
Sou Policial Militar

Anônimo disse...

Governador.

Não esqueça de fechar todas as delegacias.

Elas não delegam nada.

"que que foi?" "que que ce quer" "senta ai e aguarde ser chamado naquela sala ali".

Queremos justiça!!!!!!!!!!!