Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

sábado, 28 de agosto de 2010

SEM UM EFICIENTE PSF NUNCA HAVERÁ BOA SAÚDE


Sem fazer o básico jamais a saúde melhorará no Brasil e em Rondônia. Como Governador vou levar bem a sério a estratégia saúde da família e cada equipe do PSF no Estado. Porque compete ao Estado fiscalizar o desempenho das equipes. Não poderemos brincar de fazer saúde. Básico é o básico, tem que ser feito, senão vira uma imensa esculhambação depois.

Como é que não se pode descuidar do pré-natal, da orientação às crianças, da saúde na escola, da odontologia básica nas escolas, do hipertenso, diabético, idoso. De se prevenir das doenças, do planejamento contra as endemias. Puxa vida! não tem jeito.

Assim, o Estado deve cooperar com cada equipe, com cada municipio. A conta é alta, é grande, mas, deve ser iniciada e não só o dinheiro, que ajuda a prefeitura, mas, a fiscalização do desempenho de cada equipe. Feito isto, com certeza, a cadeia da saúde ficará azeitada e os hospitais ficarão com menor carga.

2 comentários:

lenice aragão disse...

como nós vamos fazer o atendimento básico se não há pessoal para trabalhar.infelizmente essa realidade é vista aqui em porto velho, sou agente de combate as endemia há 6 anos, muitos agentes de combate as endemia e agente comunitários estão em função desviadas, trabalhando em secretarias como assistente administrativo e em postos de saúde como atendente...infelizmente sempre há um jeitinho brasileiro de se fazer as coisas usando da politicagem, beneficiando alguns e trabalhando menos em prol da população, principalmente da mais carente.muitas pessoas me cobram nas ruas querendo saber como marcar consulta nos postos de saúde, já que é só o agente comunitário que pode marcar e porque nos demoramos tanto a fazer visitas domiciliares.a resposta é que as pessoas que tem ''QI''conseguem sair do campo(do sol) e vão trabalhar na administração, sendo que foi feito concurso para assistente administrativo pela prefeitura. e como o senhor diz em seu blog: Não poderemos brincar de fazer saúde. Básico é o básico, tem que ser feito, senão vira uma imensa esculhambação depois.

Rosendo Luciano de disse...

Valorizo a concepção do PSF em atuar de maneira mais preventiva possível assim possibilitando uma redução de gastos com tratamento intensivos e drásticos... Só receio não haver estrutura, nem competência, nem inteligência na gestão da informação e na administração dos recursos humanos... Mais uma vez é preciso alguém que possa implantar isto, fazer este papel de implantação do plano estratégico é função natural do gerente de projetos... Encher o quadro de técnico administrativos e ter disfunção de todo lado, faz com alguns carregem o todo o peso nas costas, ficando desgastados e frustados... Trocando de trabalho na primeira oportunidade já que se sentem desvalorizados tanto na renumeração, quanto no acesso a mudança, quanto nas condições de trabalho... Chega de mandos e desmandos!!! Que venham critérios, metologia e transparência!!!