Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

RONDONIA - UM ESTADO DA AGRICULTURA E DA PECUÁRIA


A empresa Rical está em Ariquemes, Ji-Paraná e Vilhena. Também no Mato Grosso. A sua especialdiade é o arroz. Antes dela o arroz consumido em Rondônia vinha de fora. Agora não. É plantado aqui mesmo. Isto é bom de ver, como vi em Vilhena, um gigantesca indústria, com armazéns imensos, tudo na mais alta tecnologia de produção e armazenamento. Vi tudo. Subi escadaria para ver até onde chegava o estoque de arroz em casca.



Até a casca do arroz é aproveitada. Veja aí na minha mão. Um cilindro duro de casca de arroz. Serve para queimar nas madeireiras, usinas de energia elétrica, restaurantes, fornos, enfim, onde tiver necessidade de lenha ou carvão. A coisa é grande e séria. Gostei.


Uma conversa com o pessoal. Voltada para os grãos em Rondônia, porque em Vilhena também vi uma indústria voltada para o esmagamento da soja.  Produz farelo e óleo. A próxima mercadoria a ser produzida é óleo de girassol e soja extravirgem. Veja bem - o extravirgem excelente para cozinha, saladas e bom para o coração. É um óleo sadio que até combate o efeito do colesterol.

Arroz tudo bem, tem muito e ainda terá mais ainda. Agora é a vez de se incentivar a produção do milho. O milho rondoniense ainda não compete com o milho do Mato Grosso. Vamos estudar o tema para nos próximos anos inverter esta matriz.

Coisa que todo mundo está comemorando é a proposta que será votada ainda este ano do novo código florestal. Uma beleza. Como foi produzido pelo Deputado Aldo Rebelo atende às necessidades rondonienses.

Um comentário:

ROBERTO MARQUES disse...

Ate que fim sr. acertou, nesse ponto, temos na região de Ariquemes -alguns produtores de Arroz, que falta e um Seminario , sobre a produção, nova tecnologia, sementes, e a venda direta para governo