Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

DOMINGOS CURANDELLI - UM RODADA PELO CALADINHO


Domingos Curandelli é meu amigo do peito. Mora no Bairro do Caladinho em Porto Velho. É um gaúcho grandalhão, vive de pequena indústria de picolés e sorvetes. Vende tudo pra vizinhança. Fiquei com ele pela manhã inteira de ontem, rodando pelo seu bairro em visitas aos seus amigos de muitos anos. Por lá ele é chamado de Seu Domingos.

Dois lugares me chamou a atenção.  Uma casa de família que serve ao carteado. Aposentados sem camisas  passam o dia jogando baralho, salas e quartos todos cheios de gente. Ele mesmo me disse que de vez em quando vai pra lá relaxar um pouco na mesa de baralho. Entrei, dei bom dia a todos, eles levantaram a visão com imenso esforço, não deu para conversar porque tirariam a atenção do "serviço". Foi uma vapt e vupt.

No Bairro Castanheira, recentemente criado, dividiu o Caladinho em dois. Uma família numerosa, pais, filhos e netos, vizinhos aparentados, mas, quem falou por todos foi a Meire, moça bonita, de conversa fácil e argumentada, foi tecendo críticas as péssimas condições da sua rua. Esburacada, ela mesma nasceu por ali e sempre foi do mesmo jeito. Rua Abilio Nascimento, uma homenagem ao Dr. Abílio, negro velho, advogado, bem conhecido na cidade e que morreu faz bom tempo.

É isto aí mesmo Domingos Curandelli a gente tem que ir é onde mora gente. E gente que sente e sofre. E vive como pode. E se ocupa do que tem por perto. E todo mundo conhece todo mundo. E o mundo será sempre assim.

Nenhum comentário: