Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

NÃO NEGO - GOSTO DE POESIA

Dizem que os poetas batem às portas da esquizofrenia. Sei lá. Só sei que gosto dos seus delírios. Ainda mais de suas metáforas malucas. Aí no foto estão dois quase doidos. O Ronivon e o Geraldo. Ambos professores. Vivem às turras para os meninos fazerem poemas. Lá da escola rural Mafalda Rodrigues. É o segundo volume o que me presenteia hoje. É assim que se faz educação. Fazendo os meninos produzirem textos. E o Ronivom me disse que vai fazer os meninos declamarem poesias no pátio. O homem pirou de vez. Não tardará ele fará a primeria roça-escola do municipio. Ouçam a longa história de meus males/ E curem sua dor com minha dor/Que grandes mágoas podem curar mágoas. E lá vai mais Camões: Amor é um fogo que arde sem se ver/é ferida que dói, e não se sente/é um contentamento descontente/é dor que desatina sem doer. (Hilda Hilst)  se me viessem  à boca/ as palavras foscas para te abrandar/ Se levez habitassem a casa do meu corpo...lágrima é dor derretida/dor endurecida é tumor.lágrima é alelgria derretida(viviane mosé). É isto aí Geraldo. A sua semente foi lançada como flecha do arqueiro.

Confúcio

Nenhum comentário: