Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

É VER PARA CRER

Depois da festa de reverência ao Estado, convidei o secretariado para conhecer o Pronto Socorro João Paulo II, uma escola estadual na Zona Leste de Porto Velho e a penitenciária Ênio Pinheiro. O pessoal fica de longe trabalhando e o dia some na rotina e o tempo passa e termina que a gente não conhece os pontos mais importantes para se visitar, que justamente são escolas, presídios e unidades de saúde (urgência e emergência). Não belo seu estertor de beleza, mas, pela dura realidade que se apresentam.

A escola que visitamos não foi preparada para o ano letivo que iniciará mes que vem. É grande. Estava vazia pelo feriado, apenas, um guarda e uma servidora da secretaria, devota, que ali estava fora do seu dia de comprimisso formal. Numa escola pública gosto de ver a água de beber e o banheiro. Como sempre, igual a outras tantas, estas partes estavam desleixadas. A aparência não me remeteu a um sentimento de qualquer mudança do perfil de qualidade que deve empreeender uma escola no ano 2011. Então, tudo está por se construir a partir desta base de realidade.

João Paulo II - bem mais feio do que é dito, quase dantesco, um quadro de verdadeiro horror, sofrimento humano exposto, deprimente à vista de qualquer vivente sadio ou doente. Não combinou o meu discurso à frente do Palácio com a realidade. Rondônia tem o lado bonito e o lado feio. O lado florido e verde floresta e a dor surda, gemida, quase calada, sucumbida de gente pobre, infelizmente, submetida ao poder do Estado, completamente sobrevivida. O Estado não terá motivo para orgulho e nem para respeito enquanto perdurar esta situação. Será a mancha negra em minha vida que há de se apagar, é o que espero.

É pouco o discurso, é pouco a boa intenção, é pouco reunião ou outra, é insignificante o constrangimento, é desprezível um singelo planejamento de situação. O que vi é caso de se decretar sem nenhum vexame e colocar a boca no trombone para o Brasil inteiro, gritar forte, brasileiramente o grito do Madeira - CALAMIDADE PÚBLICA NA SAÚDE DE RONDÔNIA. Situação de iminente risco. Ali, com toda boa vontade de médicos e enfermeiros, nada supera o ambiente de improviso, risco de morte a qualquer momento, a inércia absoluta do Estado, uma dor dilacerante que nos corta por dentro e por fora.

Vou encarar a dramática situação - como uma operação de guerra. Preciso de todo mundo. E vou agir com excepcionalidades que me cabe a lei para a tomada de posição. Porque na guerra é tudo ou nada.

Por fim - ENIO PINHEIRO, hora avançada, vimos o pátio e uma cela de presos doentes, mentalmente abalados, muitos e fiquei olhando o cenário, ninguém me respondeu ao meu bom dia, olharam-me e tiraram os seus olhos de mim. Os que estavam deitados ali se mantiveram imóveis, impassíveis aos visitantes, indiferentes ao mundo inteiro. Fiquei sabendo que não estão medicados e nem assistidos.  Outro ponto igualmente negro do Estado.

O que devo fazer, minha gente? Além de me indignar? - É agir. Sei que não farei nada por milagre ou desabafo, mas, agir com prudência e determinação, para que no período em que for governador, possa deixar uma marca um pouquinho melhor de dignidade humana, principalmente destes três pontos clamorosos - a saúde, a educação e a segurança pública.

Eu juro que me darei inteiro ao trabalho. Amanhã conto mais alguns procedimentos e medidas tomadas.

39 comentários:

gladyston disse...

Muito me alegra, ler tais palavras vindas de nosso governador. Afinal para realmente mudar tal quadro,tem que se declarar guerra a tantos velhos "costumes".
Muitas vezes é contrariar a interesses de parceiros e aliados.
A muito que governar é a arte de conciliar o interesse de castas, o povo é só o gado rumo ao matadouro.

Constantino Lagoa.'. disse...

Governador, assim como vossa excelência, também já peregrinei por algumas escolas para ver de perto o que não fizeram por elas. O quadro realmente é deprimente; Escola Brasília, Flora Calheiros, entre outras, estão quase que impossibilitadas de começar o ano letivo. Essas duas citadas a meu ver deveriam ser reconstruídas com um novo padrão a ser adotado para todo o Estado. Escolas amplas, arejadas, receptivas e aconchegantes, com rede wireless. O Acre está implantando um novo padrão de escola e acredito que possamos fazer o mesmo dentro das nossas possibilidades. Torço para que doravante tenhamos pelo menos a certeza de que haverá mudanças grandiosas para a educação, saúde e segurança.

David disse...

Bom dia Governador. Peço a Deus que o ilumine e mostre o caminho certo para amenizar a situação em que nos encontramos na saúde, não podemos de forma nenhuma fechar os olhos para tal situação, o povo clama primeiramente a Deus e através de sua pessoa Govenador poderá ser a diferença entre todos os governos que passaram por este Estado. Felicidades e Sucesso nessa empreitada. Vamos a vitória Rondônia.

Anônimo disse...

Isto demonstra que o governo K-Sol e K-Ulla só preocupou-se com estradas, enquanto a saúde, segurança, educação e salários dos funcionários ficaram em 5º, 6º... plano, é lamentável que depois ficou falando que fez isso, fez aquilo, só papo furado, muita lorota dele. Bola pra frente governador Confúncio.

SouUmChato disse...

Os horários dos posts me impressionam. É o fuso de Brasília, GMT, ou o governador está escrevendo no blog às 4 ou 5 da matina?

Sei que mais gente tem essa curiosidade. Responde pra gente, governador.

PR MAURICIO BRITO disse...

vamos aguardar o trabalho do senhor confúcio, o discurso esta muito bonito e afinado; se a realidade pratica for igual ao discurso teremos uma rondonia renovada e sanada dos viciios administrativos; parabens ao confucio.

Athenas disse...

Todos os dias quando acordo, venho aqui ver o vosso discurso matinal, nunca pedi um unico voto para o Dr baseado em educacao apesar de ser professora, porque sinceramente nao acredito que o Sr possa nos motivar o suficiente, na verdade e muito triste quando se perde a esperanca e foi isso que aconteceu com a docencia nesse pais, pedi sim todos os votos porque eu tinha a mais absoluta certeza que o Dr se sensibilizaria com a saude desse estado, ja que com meu salario de professora eu nao posso pagar um plano de saude que preste...bom dia de trabalho governador....

MARIA DOS ANJOS disse...

Sábia a resposta da pergunta de o q fazer? AGIR. A atitude e cautela são méritos de nosso Governador. E por incrível q pareça o estado de rondônia executou programas de capacitação na área da saúde em 2010 q com certeza geraram uma defasagem de recursos aos cofres públicos. É uma pena ver tudo isso de gasto e a saúde em estado de coma em todo nosso estado. Em seu discurso de posse a Presidente nomeou a educação como uma das prioridades e em RO podemos eleger um representante do setor de saúde para q com seu carisma, empenho, entendimento e acima de tudo agilidade em favor dos menos favorecidos para trazer soluções eficientes e rápidas. Não podemos esperar +. Conto com seu trabalho em prol da saúde pública de RO.
Vamos lá Governador Confúcio coloque a casa em ordem. Precisamos de sua honestidade e trabalho.
Sucessos e q Deus o ilumine sempre.

Daniela disse...

Que bom que o Sr. fez essas visitas e constatou em loco aquilo que o povo vem clamando a tempos.
Seria interessante que visitasse um escola durante as aulas pra ver a situação penosa dos profissionais da educação. Muitos trabalhando doentes ou sem a menor condição de trabalho, a falta de respeito pra com esses profissionais é gritante. E essa falta de respeito é de autoridades, dos alunos, até mesmo dos pais. É preciso resgatar a imagem do professor, resgatar sua auto estima e não é só salário melhor que vai proporcionar isso. É claro que os salários são uma vergonha, até porque depois do aumento do salário de deputados e outros políticos é vergonhoso falar o salário de um professor.

Wilson de Paula Ribeiro disse...

Governador, que sua vontade de resolver se transforme em força para essa tarefa complicada, que o povo que elegeu a assembléia legislativa fique de olho em quem está ajudando e quem está atrapalhando.
O que fazer tem de sobra, mas sabemos que o Sr. Sozinho não governa esse estado, torço para que tenhas sabedoria e jogo de cintura para unir a diversidade de interesses que circundam a governabilidade social.

Anônimo disse...

Governador orqmos a Deus que algo seja feito neste setores ,não vai ser fácil ,masi quando se tem força de vontade td é possivel,Deus o abençõe e de visão para conquistar suas proposta!!!

Anônimo disse...

boa tarde sr.governador,infelizmente é uma dura realidade da qual ja estamos nos acostumando o q é pior.sera uma tarefa dificil para o novo governo,ja q o joao paulo nao tem estrutura fisica entao lhe falo governador pq a obra do antigo hospital do cancer abandonada seria muito util para q se começasse a fazer algo para amenisar akela super lotação,sei q tera um gasto mas pelo menos ja esta la construida faltando equipar e ver alguns reparos isso deixo para o senhor e sua equipe pelo q li a respeito dos mesmos sao pessoas q tem conhecimento nas areas q hj estao exercendo.e outro ponto e sobre os apenados ficam dentro de uma cela ociosos e mente vazia oficina do .... entao falo ao senhor pq nao fazer q eles trabalhem ativar a fabrica de concreto q existia anos atras um convenio com a emdur senao estou enganada.e uma pra q nao ocorra problemas nada contra aos viciados, mas como sabemos eles nao sao confiaveis,entao fazer teste toxicologico e psicologico nos apenados q forem desempenhar estes trabalhos.previnir faz bem.Obs:por favor nao poste esse comentario...e boa sorte..e parabens!!!

Aluisio Azevedo de Moraes disse...

Olá Governador!
Sua visita ao JPII, ao presidio e a escola foi otima, serve para o seus secretários verem o grande desafio que enfrentaram nestes quatro primeiros anos de seu mandato.
Saudações
Prof. Aluisio
obs. estamos na torcida em Ariquemes pelo seu sucesso.

Djany Soares disse...

Governador Confúcio Moura, as tarefas são muitas, mais com a proteção de Jesus esse governo irá melhorar esse Estado que é maravilhoso.Estamos pronto para ajuda-lo,conte com nós, grande abraço, djany Soares

Sandra Regina disse...

Governador Dr.Confucio, nossa!! parabéns nunca na história de rondonia do tempo que moro aqui, não tinha visto uma iniciativa a que o senhor teve de visitar Hospital, escola, presidio, mostrar a realidade..e ainda levar juntos os sedretariados fiquei muito emocionada, e peço a Deus para lhe dar muita saúde..para continuar com essa sua determinação

Josy disse...

É isso ai Confúcio, mostre que veio para melhorar a nossa Rondônia e não fazer de conta que está governando. Faça valer o poder que tem em mãos e os votos de confiança que depositamos no senhor. É a sua vez, estou confiante que trabalhará muito bem. Como prof. peço olhe com carinho para a EDUCAÇÂO. SUCESSO e que Deus lhe abençoe nessa caminhada...

neto disse...

feliz ano novo a vc governador e um feliz governo.sou NETO DA AGRICULTURA, santa luzia d,oeste , gostaria de fazer parte desse governo e me colocasse em um lugar que tivesse muito serviço porque gostaria de ajudar o senhor fazer a diferença e no final o governo do senhor fosse um governo respeitado por todo rondoniense e pelo seus adversarios politicos e gostaria de estar juntos....ASS.NETO DA AGRICULTURA.

Juliana disse...

GOvernador
Leio diariamente suas brilhantes postagens,vejo que esta sempre comprometidas com a evolução da sociedade. So espero que o senhor abra o olho e comecem a combater a crise, sem tentar pôr panos quentes na destruição dos postos de trabalho, na precarização da saúde e dos direitos, no caos urbano, na insuficiência da educação.
Cada dia que passa a saúde pública do Estado tem se revelado de baixíssima qualidade e em quantidade inadequada para atender a população, notadamente, a população pobre.E gastos com saúde são gigantescos, entretanto, a carência de recursos médicos ainda persiste.
Acredito que a população deveria ser mais participativa e cobrar muito mais, tem que exigir de forma firme e sistemática a pessoas que estão no poder para que cuidem mais das pessoas que necessitam de ajuda do setor público, notadamente, no que se refere aos serviços de saúde.
Juliana Melo

claudinha disse...

Ta ai governador, a realidade,lamentavél mas é a realidade pessoas que são mães são pais e filhos que estão sofrendo agonizando e suplicando atendimento digno para os seus,não tem muito que se falar não sei de quem é a culpa, se dos medicos que reclamam que ganham mau,se dos emfermeiros que ultrapassam do horario,(não ganho hora extra não vou atender)se da população que estudou pouco é pobre não tem dinheiro para um plano de saúde e ai? eu trabalho na aréa da saúde mas tenho até medo do HJPII so vou do lado para doar sangue e só, mas saiba que foi muito bem vista a visita do SHR no hospital,mostrou seu total interece e atenção aqueles que prescizam daquele hospital e de tantos outros que o SHR irá visitar...bem vindo a realidade...

Anônimo disse...

O Estado precisa de Socorro, e tenho a certeza de que vc fará o que é certo.Confiei meu voto em vc pois sei que não me desapontará, abraço.

MARIA DOS ANJOS disse...

Espero do fundo do coração que o nosso Governador com toda sua cautela e empenho na melhoria do estado resolva esses problemas. Vemos a saúde em nosso estado de maneira a dar arrepios ao pensar nela, a esducação um descaso e a segurança pública tbem. A sua competência e confiança e seu povo de Rondônia fará tudop ficar diferente.
Sucesso nessa caminhada.
Que Deus o ilumine.

Shirlene Silva disse...

Gonvernador Confúcio,
Fiquei imensamente feliz por vê-lo realmente preocupado com a atual e triste situação que passamos com a saúde e educação. Fico mais feliz ainda por saber que esta situação será tratada como se deve!
Ao vê-lo visitando o João Paulo sentí esperança!!!!! agora creio que não é utópia, a saúde em Porto Velho vai enfim sair da UTI...Contamos com o senhor, confiamos no senhor!
Que Deus ilumine os seu passos e lhe dê sabedoria para nos gonvernar.

Anônimo disse...

Sr. Confucio;
O sr. deveria vir a Vilhena e visitar o Hospital Regional, mas sem aviso, de surpresa.Tenho a certeza que ficará, tão ou mais chocado do que sua visita ao João Paulo. Vá também à Policlínica João Luiz.
Mas por favor, não avise, chegue de surpresa.
Outra coisa, o que o sr me diz sobre o aumento de salários dos políticos em geral, enquanto o mínimo aumenta apenas 5,9% ?

Anônimo disse...

DE: EMERSON VALENTIN
JI-PARANÁ/RO
TEMOS CERTEZA DE QUE A EQUIPE ESCOLHIDA POR VOSSA EXCELENCIA PARA COMANDAR OS TRABALHOS NA SECRETARIA DE JUSTIÇA E SESDEC IRÃO RETRIBUIR COM INTELIGENCIA, GARRA E DETERMINAÇÃO E QUE O SISTEMA PRISIONAL E DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO SERÁ REFERENCIA NACIONAL, POIS SÓ HA MUDANAÇA SE HOUVER VISAO DE FUTURO E ISSO SEI QUE OCORRERÁ COM OS SECRETARIOS E SUB SECRETARIOS ESCOLHIDOS. ABRAÇO SENHOR GOVERNADOR!

Anônimo disse...

Excelentíssimo governador. sendo seu eleitor e funcinário do estado, posso dizer que elevo minhas orações a Deus todos os dias e lhe apresento nas mãos Dele, para que não desista de seus sonhos e objetivos. pois nós como técnicos de enfermagem vivemos no pesadelo. Sonho para nós está sendo conto de fadas, eles foram assassinados nas mãos do antigo governo que fez de nossas vidas um verdadeiro terror. Até a imprensa nos crucifica, fazendo relatos que a enfermagem maltrata os pacientes. E os próprios paciente terminam de nos enterrar quando nos xingam e enchem a boca para dizer que pagam nosso salário. diga-se não de passagem, mas como protesto.. MÍSERO SALÁRIO. logo após a campanha, faltava o basico para um atendimento. Exemplo: dipirona, seringa e equipo, luva e mascara. e agora? nós somos culpados??
Antes da meia noite os médicos da sutura, ortopedia uti e uce vão para o repouso e nós como técnicos temos que ficar indo ao repouso chamá-los.Nas alas sentimos na pele a revolta dos pacientes, que quando vamos realizar as medicações já dizem logo... (não quero), medicação para que?? O médico não vem aqui nos ver. E isso é verdade. fazem dois meses que não há médicos visitadores nas alas (ortopedia), as prescrições são apenas impressas e assinadas pelo diretor clinico. Quem ouve todas as indignações????
OS CRICIFICADOS ou seja, os técnicos de enfermagem. Um hospital totalmente desordenado.superlotado, onde quem não precisa de acompanhante faz gozo desse benefício, inchando ainda mais aquele local insalubre.O banheiro público do mercado municipal de Porto Velho é mais cheiroso que o nosso repouso, esses dias tinham ratazanas passeando nele, sem contar que na ala 3 os bichinhos fazem a festa até onde preparamos as medicações.
Minha indignação é tanta que falarei só mais um pouquinho para que o excelentíssimo governador conheça mais nossa realidade.
O que o Sr pensa em relação a identificação dos funcionários e acompanhantes??
posso dizer que é um caos. Ninguém consegue diferenciar quem é médico, enfermeiro, técnico ou estagíario. (de médicina) além de vestirem o uniforme do hospital, fazem sutura sem a presença do preceptor. bom demais hein??
os uniformes são variados, todos os gostos são encontrados. branco , verde, azul, verde escuro, modelito próprio, calça centropê, salto alto,barriguinha de fora, até as legítimas havaianas estão fazendo parte do cardápio.Isso mostra a desordem instalada. Portão aberto, basta eu usar um jaleco, pode ser de qualquer cor, não necessariamente branco , já me coloca dentro do JPII. legal hein?
E os horários de entrada e saída?
alguns assinam o ponto e vão embora, outros chegam atrasados uma hora, outros moram do lado do hospital e vão dormir em casa. eita... acho que falei demais. Mas ainda não acabou. PARA FINALIZAR, TEMOS COMO DIRETOR GERAL, NADA MENOS QUE O MÉDICO CONHECIDO COMO PITT BULL. PELA SUA IMENSA GENTILEZA. AGREDIU NO ANO PASSADO OUTRO MÉDICO. SERÁ QUE PODEREMOS FALAR COM ELE, SEM CORRER O RISCO DE SERMOS AGREDIDOS???

Edmê Rodrigues Silva disse...

Olá, tudo bem?! Primeiramente quero lhe cumprimentar pela vitória ao governo de Rondônia. Estou acompanhando seu trabalho e idéias, através também da leitura de um de seus livros, confiante de que fará um grande governo. Estamos precisando de governantes sérios em todos os postos para avançarmos. Gostei sobretudo de sua preocupação com a educação - a mola mestra de um povo. Um bom trabalho!

Edmê

marcos (totó) disse...

Olá Dr. Confúcio, realmente é triste essa realidade, gostaria de citar em especial a dos hospitais. Morei em Ariquemes 25 anos, e só sai da minha amada cidade para vir morar em Cacoal, para estudar, e devido a realidade financeira e ao costume, comecei a trabalhar.
Enfim, trabalho no hospital regional de Cacoal, fui um dos primeiros servidores a tomar posse, por tanto, tenho acompanhado a realidade desta grandiosa obra. Vi sim inúmeras falhas, não só por parte dos servidores ali lotados, mas por parte, de políticos envolvidos, e de chefias superiores, mas também vi o esforço incansável, de pessoas trabalhando dia e noite inclusive domingos e feriados, para que fosse dado o primeiro passo daquele gigante Oasis, pessoas que independentemente do objetivo pelo qual aquela estrutura foi inaugurada as pressas, estavam ali para trabalhar, ganhar o dinheiro que lhe colocaria o pão a mesa, sim, mas muito mais que isso pessoas que de fato arregaçaram as mangas, trabalharam duro, dia após dia, e tudo que temos hoje de avanço naquele hospital, não se fez em passe de mágica, mas sim com trabalho duro. Peço perdão ao povo por não ter feito mais, e acho que não só eu devo pedir, mas todos que tinham ou tem compromisso em fazer aquela magnífica estrutura funcionar. Por que com o funcionamento total do HRC, parte do objetivo será alcançado diminuindo o volume de gente doente nos corredores do João Paulo II, aliviando o sofrimento de tantas famílias.
É uma pena que por diversos motivos, alguns alheios a mim, o HRC não tem funcionado em sua totalidade, mas também me entristece ao ouvir ou ler, que o Hospital Regional de Cacoal, “será inaugurado”, “começara a funcionar”, ora, tenho trabalhado incansavelmente, junto aos meus companheiros, e tenho visto o esforço de tantas pessoas para que o primeiro passo fosse dado, e hoje posso ver o enorme passo que juntos a equipe do HRC conseguiu dar. Quando comecei a trabalhar no a HRC, não entendia como era trabalhar em um hospital, por que em nada se parecia com a realidade que eu costumava ver. Mas hoje olho e entendo o que é trabalhar em um hospital, aos poucos toda aquela estrutura foi tomando forma.
Me revolta ouvir ou ler que aquela obra magnífica esta parada, pois não esta, pode não esta funcionando em sua totalidade, mas parada ela não esta, e acredito que é assim que as coisas começam a funcionar, aos poucos, quando digo aos poucos, não a passos lentos com morosidade, mas sim com calma, cautela, passo a passo, e em outubro de 2010 sem duvida Rondônia deu um passo significante nessa caminhada rumo ao progresso, e a partir do dia 1º de janeiro, viveremos uma nova era, a era Confúcio, que espero fielmente não me arrepender de ter contribuído para ela. Espero que o trabalho que foi iniciado no HRC continue com a pressa que lhe é devida, mas também com a cautela que lhe é necessária, para que todos os propósitos não se percam, valorizando cada esforço que ali foi depositado, e toda mão de obra disposta.

Provavelmente, em sua agenda deve conter uma visita ao Hospital Regional de Cacoal, mas mesmo assim gostaria de convidá-lo, a conhecer o local onde me orgulho de trabalhar, e quero fazer o possível para que a população de Rondônia sinta o orgulho de tê-lo como referencia em todo pais.
Agradeço de coração a atenção dada ao povo de Rondônia, e também gostaria de parabenizá-lo por suas conquistas.
Conte sempre comigo, um simples Aux. de Serviços Gerais, lotado no departamento de informática, graças aos meus conhecimentos na área, inclusive, adquiridos com o beneficio que o Sr. conseguiu na sua luta ainda como Deputado Federal e depois como prefeito de Ariquemes, ao trazer o primeiro curso presencial para a UNIR de Ariquemes, até então apenas extensão de porto velho, hoje Campus de Ariquemes, o curso de Licenciatura em Informática.
Fico por aqui, até uma próxima oportunidade, seja pessoalmente ou on line.
Sucesso na sua jornada !!
Abraço de um admirador de suas obras, Marcos Gomes de Lima.

marcos (totó) disse...

Olá Dr. Confúcio, realmente é triste essa realidade, gostaria de citar em especial a dos hospitais. Morei em Ariquemes 25 anos, e só sai da minha amada cidade para vir morar em Cacoal, para estudar, e devido a realidade financeira e ao costume, comecei a trabalhar.
Enfim, trabalho no hospital regional de Cacoal, fui um dos primeiros servidores a tomar posse, por tanto, tenho acompanhado a realidade desta grandiosa obra. Vi sim inúmeras falhas, não só por parte dos servidores ali lotados, mas por parte, de políticos envolvidos, e de chefias superiores, mas também vi o esforço incansável, de pessoas trabalhando dia e noite inclusive domingos e feriados, para que fosse dado o primeiro passo daquele gigante Oasis, pessoas que independentemente do objetivo pelo qual aquela estrutura foi inaugurada as pressas, estavam ali para trabalhar, ganhar o dinheiro que lhe colocaria o pão a mesa, sim, mas muito mais que isso pessoas que de fato arregaçaram as mangas, trabalharam duro, dia após dia, e tudo que temos hoje de avanço naquele hospital, não se fez em passe de mágica, mas sim com trabalho duro. Peço perdão ao povo por não ter feito mais, e acho que não só eu devo pedir, mas todos que tinham ou tem compromisso em fazer aquela magnífica estrutura funcionar. Por que com o funcionamento total do HRC, parte do objetivo será alcançado diminuindo o volume de gente doente nos corredores do João Paulo II, aliviando o sofrimento de tantas famílias.
É uma pena que por diversos motivos, alguns alheios a mim, o HRC não tem funcionado em sua totalidade, mas também me entristece ao ouvir ou ler, que o Hospital Regional de Cacoal, “será inaugurado”, “começara a funcionar”, ora, tenho trabalhado incansavelmente, junto aos meus companheiros, e tenho visto o esforço de tantas pessoas para que o primeiro passo fosse dado, e hoje posso ver o enorme passo que juntos a equipe do HRC conseguiu dar. Quando comecei a trabalhar no a HRC, não entendia como era trabalhar em um hospital, por que em nada se parecia com a realidade que eu costumava ver. Mas hoje olho e entendo o que é trabalhar em um hospital, aos poucos toda aquela estrutura foi tomando forma.
Me revolta ouvir ou ler que aquela obra magnífica esta parada, pois não esta, pode não esta funcionando em sua totalidade, mas parada ela não esta, e acredito que é assim que as coisas começam a funcionar, aos poucos, quando digo aos poucos, não a passos lentos com morosidade, mas sim com calma, cautela, passo a passo, e em outubro de 2010 sem duvida Rondônia deu um passo significante nessa caminhada rumo ao progresso, e a partir do dia 1º de janeiro, viveremos uma nova era, a era Confúcio, que espero fielmente não me arrepender de ter contribuído para ela. Espero que o trabalho que foi iniciado no HRC continue com a pressa que lhe é devida, mas também com a cautela que lhe é necessária, para que todos os propósitos não se percam, valorizando cada esforço que ali foi depositado, e toda mão de obra disposta.

Provavelmente, em sua agenda deve conter uma visita ao Hospital Regional de Cacoal, mas mesmo assim gostaria de convidá-lo, a conhecer o local onde me orgulho de trabalhar, e quero fazer o possível para que a população de Rondônia sinta o orgulho de tê-lo como referencia em todo pais.
Agradeço de coração a atenção dada ao povo de Rondônia, e também gostaria de parabenizá-lo por suas conquistas.
Conte sempre comigo, um simples Aux. de Serviços Gerais, lotado no departamento de informática, graças aos meus conhecimentos na área, inclusive, adquiridos com o beneficio que o Sr. conseguiu na sua luta ainda como Deputado Federal e depois como prefeito de Ariquemes, ao trazer o primeiro curso presencial para a UNIR de Ariquemes, até então apenas extensão de porto velho, hoje Campus de Ariquemes, o curso de Licenciatura em Informática.
Fico por aqui, até uma próxima oportunidade, seja pessoalmente ou on line.
Sucesso na sua jornada !!
Abraço de um admirador de suas obras, Marcos Gomes de Lima.

MARA BARBOSA disse...

GOVERNADOR O SENHOR SE ESPANTOU COM A ESCOLA QUE O SR.VISITOU NA ZONA LESTE?? MAIS A REALIDADE É ESSA MESMA!OS GESTORES(ALGUNS) SO DAO IMPORTANCIA PRA FOFOCAS,DENUNCIAS,PANELINHAS,BELISSIMA GRATIFICAÇÃO!!FICAR NA S ALINHA COM AR CONDICIONADO E COMPUTADOR,NAVEGANDO NA INTERNET! VISITE TBM A "ESCOLA CASA DE DAVI" NO PEDACINHO DE CHAO,BAIRRO EMBRATEL,NÃO É DIFERENTE DESSA QUE O SR. VIU NAO!!.PRO SR. TER IDEIA NEM AGUA FILTRADA AS CRIANÇAS TINHAM NO ANO PASSADO,MUITO MENOS OS PROFESSORES QUE É SER HUMANO TBM...E OLHA QUE VEM RECURSO!!MUITO RECURSO!! E CADE HEIMMMMM?????!!rsrsrsrsrsr!!O QUE ESSES GESTORES(NEM TODOS) TAO FAZENDO COM ESSAS ESCOLAS?SUCATEANDO?PONHA TODOS PRA FORAAAA!! OU VOLTEM PRA SALA DE AULA!!

Anônimo disse...

Caro Governador,

É de conhecimento de todo cidadão rondoniense a situação dos presídios do nosso Estado.Mas venho lhe lembrar,também,dos Pm´s que trabalham nas guaritas neste mesmo presídio(e nos outros!),visite também uma guarita,fique nela por apenas 10 minutos,sinta o que é aquilo,pode ser em dias de sol ou de chuva,a sensação é a mesma.Este comentário não é deboche,nem tão pouco ironia.É só um desabafo de um profissional "que gosta do que faz",mas que gostaria de ter um mínimo de condições para trabalhar.

Abraços e estamos todos juntos por uma Nova Rondônia.

Anônimo disse...

Dr Confucio.. nos da enfermagem estamos decepcionados.. achamos que as coisas no Hospital de Base iam melhorar.. mais o Senhor nomeia até auxiliar de enfermagem para ser nossa chefe? fora que sabemos que a um tempo atras até a Policia Militar foi tentar prende-la no meio do plantão..ISSO É UMA VERGONHA, para nos que acreditamos na sua proposta de governo!!!!!!!!!! esperamos que ainda haja tempo de corrigir esse absurdo!!

anselmo disse...

Governador Confucio Moura, a questão do PS JP II é mais simples de resolver do que se imagina. É uma questão de gerenciamento e acordo político com a secretaria de saúde do municipio de PVH. Aquele nosocômio não tinha gerenciamento, e não há política de saúde em todo o Estado. Pelo que se de médicos que trabalham no PS JP II me relatam que 80% ou mais dos pacientes que estão lá ou são encaminhados, poderiam tranquilamente ser tratados em suas cidades ou nas Policlinicas municipais. O problema é que houve uma centralização no atendimento aqui no Estado, enquanto que desde 1988 a política de saúde é descentralização total do atendimento. Se as policlinicas possuissem traumatologistas e serviço de radiologia juncionante, 90% dos casos de traumatologia seriam resolvidos nas policlinicas. Sem falar em casos que médicos clinicos gerais poderiam solucionar em postos de sáude, tais como crise hipertensiva,desidratação,e outros. Não há motivos para pânico nem alarme,mas trabalho de conscientização,gerenciamento e acordo com a prefeitura para reforçar o atendimento nas policlínicas. Oferecer médicos - contratar especialistas - para atender nas 5 maioires cidades do interior do Estado e o problema fica resolvido em menos de 30 dias. Já resolvi uma crise igual ou pior na saúde e sem dinheiro, mas com acordo , diálogo e trabalho. A valorização dos profissionais da saúde, em todos os aspectos é a pedra angular da construção um sistema de saúde agil e eficaz.

Alessandro Casinato disse...

Dentro os que apoiaram as ideias de campanha do Sr. Governador, sirmo-me deste blog para parabenizar V. Exelencia pelo excelente inicio de trabalho e, principalmente pela transparencia em mostrar vossa preocupação e objetivos com o Estado de Rondonia.
Acho de suma importancia a preocupação de um Líder Público em demonstrar procupação com a população e expor suas decisões como forma transparente de gestão.
Parabéns!!!

vivian disse...

Não vou mentir que sou petista, mas quando se trata de melhoria para o estado não existe partido. O discurso esta ótimo e espero realmente enfim nos orgulharmos de algum Governo, lanço meu voto de confiança.

JOSE ALMIR ALEIXO disse...

GOVERNADOR ESTOU TREINAMDO TODOS OS DIAS CONFIANTE NO QUE O SENHOR FALOU EM CHAMAR TODOS OS APROVADOS NO CONCURSO DE AGENTES PENITENCIARIOS 2008 FIZ 60 PONTOS PARA PORTOVELHO ACRETITAMOS NO SENHOR.OBRIGADO!

Cecília Andrade disse...

Boar tarde Governador Confúcio.
Aqui em casa, estamos convictos de que sua administração será revolucionária e que por isto até vai dar o que falar, mas o que importa é que nos sentimos mais próximos, principalmente quando acompanhamos seu blog, sabemos, tudo, tudo que o senhor está fazendo para o bem do nosso estado em todas as áreas.
Quero aproveitar para parabenizá-lo pela vitória e perguntar:
"Os pacientes que necessitarão de cirurgia de prótese de quadril e que já estão agendados pelo SUS através de TFD, para julho, farão esta cirurgia no estado mesmo? Pois minha mãe tem 72 anos de idade e torcemos para que a cirurgia dela seja aqui mesmo.
Aguardo resposta.
Abraços!

Mr. Rïver disse...

O Hospital e Pronto Socorro João Paulo II há tempos é um caso lastimável... fiquei comovido quando estive lá dentro!

A unidade não tinha se quer recepção, pois o espaço destinado a receber as pessoas estava lotado de macas e doentes pra tudo quanto era lado... e o que mais me espantava era que mesmo como JP II nessa situação havia veiculação de propaganda dizendo que o serviço de saúde de Rondônia era exímia!

Algo intrigante é o fato de organizações de Direitos Humanos aparecerem sempre proteger e exigir a integridade de presos das penitenciárias e outros estabelecimentos penais, entretanto não recordo de uma entidade dessa ter intervido junto ao Poder Público pela integridade dos trabalhadores e pais de famílias que estavam, e acho que ainda estão, sofrendo por causas de suas moléstias e também pelo descaso que acontece naquela unidade hospitalar.

É desumano tratar um ser vido naquelas condições, É UM ATENTADO À INTEGRIDADE DA PESSOAL HUMANA ser submetido a um atendimento médico daquela maneira!

E que me entusiasma é o ânimo do senhor em melhorar; mudar esse triste quadro da saúde de Rondônia. Esperamos ávidos que o senhor logre êxito nessa empreitada o quanto antes. Sucesso!

Cintia disse...

Querido Dr:Confúcio.
Agora Governador do estado de Rondônia.
Estou aqui para parabenizar sua mais recente vitória.E dizer que acredito na sua capacidade de melhorar o caos social que se encontra nosso Estado.
Como sempre com sua paciência e sabedoria saberá conduzir as mudanças necessarias.
A tarefa é dificil mais não impossivel. Desejo sucesso na jornada.Sua mais forte defensora e
torcedora. Cíntia maria Sedlacek.

Profª Sarlane disse...

Sr Confúcio, lí o que escreveu, muito bom saber da sua preocupação com a Educação tb, pois o Governo anterior não se preocupou com essa parte.Boa sorte e que Deus o ilumine nessa sua nova caminhada. A esperança de uma valorização para com nós educadores estamos depositando no Sr. Abraço.