Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

domingo, 19 de dezembro de 2010

QUEM TEM RECURSOS HUMANOS QUALIFICADOS MOVE O MUNDO

Este é o segredo de tudo. Gente capaz. E tudo vai se modificando quando se junta no mesmo ambiente gente para conversar e pensar. Eu vejo que num governo não se pode ter ilhas de excelências. Pequenos núcleos dispersos na mesma geografia. Se assim ficarem, tem-se um falso governo. Ele existe, mas, não governa, não age, não dispara, não acontece.

Porque se tem um governo disperso. Com pequenos donos de seus pedaços. Agem sozinhos. Apossam-se de um conhecimento público como se fosse privado, como se fosse pessoal, o que não é verdade. Então, para se ter bons resultados  deveremos juntar estes redutos isolados num mesmo ambiente. Porque assim acontecendo há uma tendência natural a se ter um resultando muito maior, que seja a somação de forças. Isoladas serão forças que se anulam.

É por isto que vou juntar o povo. Área de tecnologia da informação do governo é do governo, deve se agrupar para render, juntar os trapos, juntar as máquinas, juntar o pensamento. Enfim, tudo.

Tem núcleos de RH em todas as secretarias. Não concordo. Devem desaparecer para se juntarem todos na Secretaria de Administração, diferente, com uma nova configuração do que seja recursos humanos aptos e felizes. RH produtivo na sua concepção de que gente é um reservatório de emoção e sentimento.

Outro lado do governo - compras, negócios públicos, aos frangalhos. Absurdo. Juntar tudo no mesmo órgão, para se possa construir uma nova concepção de governo, do seu papel, de forma tal que cada um fiscaliza o outro. Ambiente aberto, flexível, limpo, bonito, agradável com mesas para que todos possam conversar de quando em vez. As pessoas tem necessidade de conversarem, de discutirem, de trocarem confidências, se não houver "os pontos de encontros" o pessoal termina encontrando-se no banheiro, debaixo das árvores, nos bancos do lado de fora.

Quem tem recursos humanos preparado faz imensa diferença e posso afirmar - faz a revolução.

8 comentários:

Constantino Lagoa.'. disse...

Recursos humanos qualificados. Essencial e necessário. O que mais vemos em algumas repartições são avisos que dizem:

Art. 331 - Desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela:

Pena - detenção, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos, ou multa.
Isto é previsto no Código Penal Brasileiro. Não sou contra este artigo. Mas não concordo que este seja a "boas vindas" que recebemos quando chegamos em algumas instituições.
Eficiência no atendimento é muito importante. E nós, funcionários públicos devemos atender o público da melhor forma possível.

Jorge Willians disse...

Boa Noite V. Exª !

Concordo quando diz: "Área de tecnologia da informação do governo é do governo, deve se agrupar para render".

Entendo que devesse criar no Estado uma Agência de Tecnologia da Informação, muitos estados já criaram, tendo como competência institucional executar a coordenação técnica da implementação do Modelo de Informática Pública, instituído pelo Sistema de Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC, o qual tem seu funcionamento baseado em duas premissas: gestão coordenada e operacionalização descentralizada; e, como fundamentos, o compartilhamento e a interoperabilidade dos ativos de TI, garantindo a segurança e a qualidade dos produtos e serviços prestados, com racionalidade de custos.

Propondo e provendo soluções integradas de meios, métodos e competências, com o uso intensivo e adequado da Tecnologia da Informação, canalizando esforços para a melhoria dos serviços prestados pela máquina pública estadual, preservando a gestão, o controle e a integridade das informações estratégicas de Estado. Cabe à ela (A.T.I) exercer a articulação técnica com as Unidades de Informática distribuídas, integrantes das estruturas das Secretarias do Estado, sob a forma de Núcleos Setoriais de Informática.

Enfim, Coordenando o uso da Tecnologia da Informação e Comunicação na Administração Pública Estadual para aumentar a eficiência, eficácia e efetividade do Governo

Jorge Willians disse...

Boa Noite V. Exª !

Concordo quando diz: "Área de tecnologia da informação do governo é do governo, deve se agrupar para render".

Entendo que devesse criar no Estado uma Agência de Tecnologia da Informação, muitos estados já criaram, tendo como competência institucional executar a coordenação técnica da implementação do Modelo de Informática Pública, instituído pelo Sistema de Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC, o qual tem seu funcionamento baseado em duas premissas: gestão coordenada e operacionalização descentralizada; e, como fundamentos, o compartilhamento e a interoperabilidade dos ativos de TI, garantindo a segurança e a qualidade dos produtos e serviços prestados, com racionalidade de custos.

Propondo e provendo soluções integradas de meios, métodos e competências, com o uso intensivo e adequado da Tecnologia da Informação, canalizando esforços para a melhoria dos serviços prestados pela máquina pública estadual, preservando a gestão, o controle e a integridade das informações estratégicas de Estado. Cabe à ela (A.T.I) exercer a articulação técnica com as Unidades de Informática distribuídas, integrantes das estruturas das Secretarias do Estado, sob a forma de Núcleos Setoriais de Informática.

Enfim, Coordenando o uso da Tecnologia da Informação e Comunicação na Administração Pública Estadual para aumentar a eficiência, eficácia e efetividade do Governo

carlos vieira da silva disse...

Excelente aula, Sr. Governador. Sinto que um novo dinamismo, uma forma contemporânea de administrar vai contagiar todas as esferas do Governo Estadual.
carlos vieira da silva

Anônimo disse...

Ter recursos humanos não é suficiente se não usa-los de forma eficiente.

INTEGRAR É EDUCAR disse...

Infelizmente parece que a forma de acesso ao serviço público tornou-se muito fácil e as pessoas entram totalmente desqualificadas sem saber o significado de funcionalismo público. Temos que requalificar esses profissionais e mostrar aos mesmos que estamos ali devido ao público que temos. Sou funcionário público e sou contrário aos servidores que chegam cinco minutos depois e saem dez minutos antes do expediente e ainda atendem mal às pessoas que lhes procuram.

Anônimo disse...

Governador trabalho no hospital regional de Ariquemes, uma pessoa preparada no RH facilita muito a vida dos funcionarios do local de trabalho, nos funcionarios do reginal sentimos muita saudade de uma pessoa que trabalhou no RH, nao sei se o senhor lembra dele, o nome dele e Joel, uma excelente profissional, uma pessoa acessivel e muito competente, se no seu governo tiver pessoas como ele os funcionarios ja estaram bem servido, e que o senhor faça uma otima administração como fez em Ariquemes.

Eliude disse...

Acredito de que o psicologo organizacional seria uma diferenciação e traria grandes resultados em setores que exigem RH.
Estou encantada com o que estou estudando e acredito que como psicologa poderei contribuir muitos nas organizações.