Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Confúcio fala sobre segurança pública no programa “Fique Ligado"


O governador eleito Confúcio Moura continua atendendo às solicitações de entrevistas feitas por veículos de comunicação de todo o estado para falar sobre o período de transição para o seu futuro governo.
Nesta terça-feira, 23, Moura participou ao vivo do Fique Ligado (RedeTV/Rondônia), apresentado pelo deputado estadual Euclides Maciel, e gravou uma participação no programa que será veiculado nesta quarta-feira.
Os projetos do futuro governador para a área de segurança pública foram os temas mais abordados pelo apresentador. “Os nossos recursos humanos na área de segurança pública são excelentes. Porém, faltam condições de trabalho, nas delegacias, nos presídios. Há deficiência na apuração dos inquéritos, nas investigações, nas estatísticas. Os recursos tecnológicos estão defasados”, comentou Confúcio.
Moura falou também da necessidade de investimentos na inteligência policial: "Tem que deslocar o efetivo da polícia para onde acontecem os crimes. O crime tem local, hora e data pra acontecer. O serviço de inteligência e um trabalho silencioso, de investigação, e dá resultados”.
Euclides lembrou a formação militar do governador eleito. “Eu devo muito à polícia e tenho orgulho de ter sido sargento da Polícia Militar do estado de Goiás Esses princípios elementares da hierarquia e disciplina eu trago pra minha vida”, afirmou Confúcio.
Confúcio reiterou que cumprirá o compromisso de campanha segundo o qual os agentes penitenciários serão responsáveis pela gestão da Secretaria de Estado de Justiça (Sejus). “No quadro do estado existem agentes experientes, com formação em administração pública e altamente capacitados”.
Os agentes que foram aprovados em concurso – com prazo de validade em vigor -serão chamados e treinados na academia, segundo o governador eleito. Confúcio disse que os agentes penitenciários não estão satisfeitos, pois recebem um dos piores salários do Brasil. “É preciso fazer algumas adequações no plano de carreira, oferecer apoio psicológico e recompensa por produtividade”.
Sobre o Departamento Estadual de Trânsito, Confúcio disse que ainda não tem o diagnóstico definitivo da autarquia, mas que estudará a legalidade do Detran “ajudar a pagar as contas dos hospitais, em função do alto índice de acidentes de trânsito”. Moura completou que houve evolução no Detran, mas disse que “é preciso torná-lo mais ágil e os servidores não estão satisfeitos”.
E completou: “Precisamos implantar uma política firme de prevenção de acidentes, nas escolas e nas ruas. E colocar o Detran para dialogar com a Semtran (Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito). Já conversei com o prefeito Roberto Sobrinho neste sentido”.

Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário: