Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

sábado, 29 de maio de 2010

O HOMEM E O PARQUE ESTADUAL DE GUAJARÁ MIRIM



Com o parque  no meio do caminho a viagem fica bem mais longa. Uma imensa volta pela cidade de Porto Velho, pegar a BR 364 e seguir até Ariquemes. Sem ele o caminho ficaria pela metade. O Prefeito de Nova Mamoré para chegar à Jacinópolis, disitrito que fica depois da reserva e bem perto de Buritis  dá volta por Ariquemes para levar a merenda escolar. É de rachar. Mas, o parque está ali, tem sede e fiscalização. Ninguém pode perturbá-lo.

Creio que algo deve ser feito, entre o parque e o povo. O homem e a floresta. Decisões de alto nível. Até mesmo por iniciativa do governo e do Ministério Público. O impacto do homem é persistente e silencioso. E vai entrando mata a dentro. Hoje passa motocicleta. Também veículos pequenos com certa dificuldade. Um trator hoje, patrol amanhã. Nas noites caladas.Quando se vê a estrada aberta. Pior assim. Um estudo, uma nova proposta. um controle, um horário de passar, ninguém pode parar nela, radares, fiscais, guaritas

O controle de pedágios de entradas e saídas. É a solução.Para mais tarde evitar-se uma repressão inútil. 

No meio do caminho tem uma pedra. Não é pedra, é o parque florestal de Guajará-Mirim. Do lado de cá tem a BR 421 que liga Ariquemes à Monte Negro, Campo Novo e Buritis. Mais à frente está o parque. E a estrada pára aí.  Do outro, cerca de 25 km  está o Distrito de Nova Dimensão, que tem estrada boa até Nova Mamoré. E daí um pulo à Guajará-Mirim. 

Nenhum comentário: