Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

terça-feira, 23 de março de 2010

UM NOVO TEMPO

Escuto sempre a expressão - "um novo tempo está chegando". Nada é mais impróprio de dizer, porque o tempo é sempre o mesmo. O que pode mudar é o comportamento do homem, as invenções que chegam, a comunicação fácil que chega a qualquer lugar. Estas coisas todas que vão mexendo com os mais jovens e que põem sempre em conflito os mais idosos. O tempo é sempre o mesmo. O homem é que vai se modificando de acordo com as suas necessidades. Desta forma vejo que Rondônia está passando por este novo tempo. Uma ponte entre o passado e o futuro. O passado todo mundo conhece e sabe como foi. O eldorado rondoniense. A fase da colonização e suas imensas dificuldades e desafios. O homem diante da Amazônia totalmente desconhecida. E que veio pra cá para domá-la como se doma um burro bravo. E a natureza amazônica é forte e traiçoeira. A doma é longa e dificil. Talvez não se consiga dominá-la inteira. Agora estamos no meio de uma ponte. A travessia da nossa própria história. De agora em diante teremos que nos mexer com conhecimento, modernização das práticas antigas, do uso de novas tecnologias para penetrar fundo nos segredos de se produzir mais preservando mais. Reflorestar pode ser uma nova onda. Onda positiva. Tudo de agora em diante é mais. Não se pode plantar lavoura sem correção de solo. Não é competitiva. Não dá para dobrar o rebanho bovino derrubando a floresta. Agora é plantar comida boa para o gado. De agora em diante Rondônia aceita pesquisar e assim deve proceder.

2 comentários:

Anônimo disse...

Tenho que concordar mais uma vez com suas sabias palavras.
Sou testemunha de muitas mudanças nesses 5 anos de Rondonia e Ariquemes, 4 de prefeitura.
Quero deixar recado aos pessimistas: Voces não são obrigados a acreditar no futuro melhor, só não atrapalhem o presente. Fico triste quando vejo gente nossa, digo de dentro da administração, com aquele pessimismo partidário... sabe aquela coisa de gente que não acredita nunca que as coisas podem mudar, podem ser organizadas??
Convivo com isso e com essa gente o tempo todo! Querem a mudança, mais acham que isso tem que acontecer num passe de mágica. Cabeças de vento, não entendem que tudo para ser arrumado, tem que ser feito aos poucos. Pra se chegar ao primeiro milhão, começamos com o primeiro centavo!
Pra entristecer mais, esses olham pra traz e não conseguem ver o que melhorou... não querem ver!
Dr, ta na hora de fazer uma faxina nessa equipe, pior do que aguentar funcionário publico mofado, é ver acessores mofando eles, lamentável situação.
Me dá medo pensar nesse povo ao seu lado no governo do estado.
Abraço, do amigo

Gabriel Mendes.

Fernando Corrêa dos Santos disse...

Rondônia, como já postei em outro comentário tem tudo para dar certo. Tem um solo fértil para a agricultura, água para beber e plantar, rios para transposte, geração de energia, ecoturismo, temos um povo capaz de fazer um desenvolvimento sustentável nunca visto, com o apoio da UNIR e uma instituição de pesquisa para financiar projetos de pesquisa. Precisamos agora de um líder forte a nível estatal para movimentar este processo.