Este blog vai ser redirecionado!

Blog redirecionado em 6 segundos!
http://confuciomoura.com.br
Aguarde.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

EU QUERO ESGOTO PRA MIM

ESGOTO





Uuhhhh! Vixe! que tanto cheiro ruim.

É o bom cheiro que me falta. O cheiro ruim. O cheiro dos gases da cidade. De todos ali acumulados, guardados, bem longe, e aí sim, depois dele a cidade fica cheirosa. Sem canos enterrados, sem bancos de coleta, sem estações de tratamento a cidade fica fedida. Esgoto não é luxo. Não é vaidade, nem brinco, nem maquiagem. Esgoto é necessidade. Depois do esgoto vem a riqueza. Vem a cidade bonita, porque vai sobrar dinheiro. Hoje em dia, o dinheiro vai para a doença. A Secretaria de Saúde, na verdade, é a secretaria da doença. Vou mudar o nome. Assim ela fica melhor, mais verdade.
Já falei que uma cidade sem água tratada e sem esgoto sanitário é cidade sem futuro. É a porta aberta para prosperidade de doenças. Doenças do atraso. Esgoto é necessidade. Não é fácil deixar uma cidade toda saneada. Ainda mais no Brasil acostumado com a praga da insalubridade. E Prefeito não gosta de fazer obra que fica enterrada. Outro impedimento é a falta do financiamento. Para se entender a situação, em Rondônia só há duas cidades com a maioria das casas atendidas com água e esgoto – CACOAL E ALVORADA DO OESTE. As outras pouco ou nada. Hoje, estou em Brasília, com o Márcio da Novalar para um contato definitivo com a Ministra Dilma Roussef ou assessoria imediata. Quero dinheiro do PAC para esgoto de Ariquemes. Creio que tudo dará certo. O valor – 80 milhões de reais. Que os anjos digam amém e Ariquemes também.

Um comentário:

Joel Castro disse...

Bom, a um dito popular que diz que obras que não aparece não geram votos.
Na minha concepção obras que não aparecem somente grandes homens são capazes de executa-las.